Seção

Macro e Micro

Parecidos, mas não iguais

Foto: François Brunelle Texto: Luiz Augusto M. da Costa Leite   O vocabulário aplicado ao comportamento nas organizações apresenta várias expressões que parecem sinônimos, mas contêm peculiaridades  que as diferenciam umas das outras, no máximo pertencendo à mesma família. À prim...

Produtividade humana: engenho e arte

Luiz Augusto M. da Costa Leite  A produtividade média do brasileiro ficou em 18,4% do desempenho médio de um trabalhador norte-americano em 2012 , segundo estudo do Instituto de Pesquisas Conference Board. É provável que tenha piorado desde então. O que poderia soar como reconheciment...

Papel e pessoa, quem é maior? As lições de Madiba

Luiz Augusto M. da Costa Leite Nelson Mandela, o Madiba, não nos deixou. Ficamos com o exemplo de um grande homem. Não era apenas um grande homem. Seu tamanho era (é) o do mundo. Seu carisma impediu que vinte e sete anos de prisão o domesticassem. Inesquecível  a cena, num dos filmes ...

Baby Boomers, Geração X e Y são tão diferentes assim?

Luiz Augusto M. da Costa Leite   Todos os anos são publicadas listas de melhores empresas para se trabalhar, mais admiradas, mais respeitadas e assim por diante. A variedade é grande e nem sempre  são comparáveis. Duas listas, no entanto, podem ser colocadas lado a lado:  as dez ...

Um certo olhar: a banalidade do mal

Luiz Augusto M. da Costa Leite   O que é medíocre? Segundo Houaiss: sem expressão ou originalidade; pessoa pouco capaz, sem qualquer talento que, de modo geral, fica aquém das outras ou que, num dado campo de atividades, não consegue ultrapassar ou mesmo atingir a média. Já banal...

2014: fazer mais com o mesmo… ou com menos

Luiz Augusto M. da Costa Leite   A incerteza sobre como a economia e os negócios se comportarão em 2014 está levando as áreas de Recursos Humanos a  manter o cinto apertado . Primeiras informações sobre indicadores adotados nos processos de planejamento expõem uma postura contingencia...

O que estamos fazendo com o coaching?

Modismos em gestão de pessoas são aceitáveis. Expõem um tema que está na ordem do dia, criando demanda e oferta no mercado do conhecimento. Perdem, no entanto, a qualidade  quando se vulgarizam. É o que está acontecendo com o Coaching. Há uma inflação de  coaches. Vulgarizar não é pop...

A invenção do presente

Luiz Augusto M. da Costa Leite                                                                Afinal de contas, se nada for novo sob o sol, por que se dar ao trabalho de tentar investigar, pensar, escrever e ler sobre o mundo? Manuel Castells.   Cena 1: Não mais que de repente, as obr...

GLBT’s nas organizações: como é na sua?

Luiz Augusto M. da Costa Leite   IBM, Goldman Sachs, Ernst & Young, Barclays e Accenture são as melhores empresas globais para o grupo GLBT trabalhar, segundo pesquisa feita pela ONG inglesa Stonewall. No Brasil, algumas organizações já adotaram políticas inclusivas. O debate...

Visão, missão, valores: verdade ou quadro na parede?

Luiz Augusto M. da Costa Leite   Organizações publicam declarações de Visão, Missão e Valores , apresentando-se a seus públicos como devotos dos princípios ali estabelecidos. Mesmo com motivações diferentes, o aspecto positivo é que mais organizações se dispõem a  assumir comprom...